Arquivo da tag: poema

Eu Te Amo


Não custava nada dizer “eu te amo”. Nem precisaria ser real, por que não disse? Não deve ser errado alegrar a noite de alguém. Não precisava ser sincero, era só dizer Não deve ser pecado cicatrizar um coração ferido. Não precisa … Continuar lendo

Publicado em VERSOS | Marcado com , , | Deixe um comentário

H1N1. De novo.


2013. Mais de 50. Seis. O ano. Os casos “suspeitos”. As mortes confirmadas. E não há tamiflu ou vacina que a impeça. Não foi eficaz a prevenção. Então choram famílias, amantes, colegas, a dor repentina da separação. Mas num universo de 300 … Continuar lendo

Publicado em VARIEDADES | Marcado com , , , , , , , | Deixe um comentário

Domingo de Chuva


Tem garoa na fronteira. E pinga dentro de mim Dessa melosa maneira que só o domingo sabe ter Vou acender minha interna fogueira preciso me aquecer esquecer que na segunda-feira ainda não a verei, que dó… E chove na fronteira. … Continuar lendo

Publicado em VERSOS | Marcado com , , , , , , | Deixe um comentário

Texto de uma ex-professora minha.


SAUDADE…… saudade daquele tempo… Tempo de respeito Tempo de amor tempo de gratidão… Gratidão pelo pouco que fiz… …pouco para mim, hoje… …. muito para eles, ontem… A primeira palavra escrita… A primeira cartinha de carinho… …que saudades.. Alunos sem … Continuar lendo

Publicado em VARIEDADES, VERSOS | Marcado com , , , , , | Deixe um comentário

Noturno soturno em Saturno…


Já nem lembro mais como se escreve… São tantas coisas, o tempo é curto, a vida voa e vice-versa. Revejo amigos, vou a encontros nada furtivos, felizmente ou infelizmente, devido ao caráter monogâmico da minha nova vida. Não que sinta … Continuar lendo

Publicado em VERSOS | Marcado com , , , , , , | 1 Comentário