Arquivo do mês: julho 2012

♫ Silence ♪


Helena parou abaixo dos umbrais da porta e sorriu. Disse de si para si que já era. Que já não estava mais ali quem sofreu, quem penou. Pensou rapidamente um verso, uma antiga canção popular, nenhum deles lhe ocorreu no … Continuar lendo

Publicado em PROSA | Marcado com | Deixe um comentário