Arquivo do mês: janeiro 2011

Estranhamento


Eu conheço o chiado dos meus vinis Eu conheço as orelhas dos meus livros Eu conheço o quadro negro e meu giz Eu conheço os sonhos dos meus amigos Eu reconheço, sou mesmo meio louco Eu reconheço, desconheço o amor … Continuar lendo

Publicado em MÚSICAS, VERSOS | Marcado com , , , , , | 1 Comentário

Restart


Ele vai se recuperar. Depois de um dezembro mal, um janeiro pior pra compensar. Mas isso vai passar. Depois de um grande tempestade um furacão vai chegar. Bem, deixe estar. Nada de fossa, a vida segue e é inversamente proporcional … Continuar lendo

Publicado em VERSOS | Marcado com , , , , , | 2 Comentários