Cultura de massa

Sabadão. Cervejão? Cinemão?

NÃO!

Resolvi assistir o concerto do Sonora Brasil que homenageia Claudio Santoro e Guerra Peixe. Não me arrependo, mas lamento. O quarteto goiano (grupo GYN Câmera) que apresentou as músicas tinha uma técnica impressionante e o repertório foi muito bem escolhido. Duetos, solos e um belo grand finale.

O que decepcionou mesmo foi a assistência. Contando o técnico de luz eram oito pessoas ouvindo a beleza do espetáculo.

Oito! Mais um pouco e teria mais gente no palco do que na platéia

É aquilo né? Fosse um Luan Santana não caberia gente no teatro. Depois o pessoal reclama que não há nada pra curtir/fazer na nossa região.

Te’tinha, mas não dá pra te’tudo, ainda mais sem público.

Anúncios

Sobre Tiago Carpes do Nascimento

Brasileiro, casado, vinte e poucos anos, escritor por obrigação e prazer, professor, curioso, eclético em matéria de música, adora livros e filmes inteligentes (instigantes), cristão, conservador, gosta de política, já sonhou ser presidente do Brasil, presidiu comitê municipal de sigla política, mas a desilusão foi tanta que hoje se contenta apenas em contribuir para a melhoria da educação e para o crescimento vegetativo da população, tendo dado o seu contributo em duas ocasiões. Belíssimas ocasiões, diga-se de passagem!
Esse post foi publicado em MÚSICAS, VARIEDADES e marcado , , , , , , , , . Guardar link permanente.

2 respostas para Cultura de massa

  1. muito bom gostei de todos posts achei seu blog muito bom vc esta de parabens.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s