Quero ser só… RETICÊNCIAS

Sinto falta da solidão, do escuro, da dor, da tristeza…

Preciso disso, por favor me entenda, ainda te amo, creio eu. Na verdade nem sei mais o que é amor…

Eu só preciso de um tempo comigo mesmo…

Todos sofrem. Todas as pessoas que me amam são fadadas a sofrer… “A gente sempre destrói aquilo que ama…” (Já nem lembro quantas lágrimas vi sendo derramadas por mim, sem que isso sensibilizasse esse feio coração)…

Eu só preciso ficar sozinho… A solidão me chama. Não quero nem pensar no que você vai passar, mas sei que isso vai passar. Há de encontrar alguém melhor que eu, porque afinal de contas, EU NÃO PRESTO

Anúncios

Sobre Tiago Carpes do Nascimento

Brasileiro, casado, vinte e poucos anos, escritor por obrigação e prazer, professor, curioso, eclético em matéria de música, adora livros e filmes inteligentes (instigantes), cristão, conservador, gosta de política, já sonhou ser presidente do Brasil, presidiu comitê municipal de sigla política, mas a desilusão foi tanta que hoje se contenta apenas em contribuir para a melhoria da educação e para o crescimento vegetativo da população, tendo dado o seu contributo em duas ocasiões.
Esse post foi publicado em VERSOS e marcado , , , , , , , . Guardar link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s