Evento do SESC

Palco Giratório do SESC leva poesia ao espaço urbano de Jaraguá do Sul e outras 18 cidades de SC

Invadir e ocupar a cidade propondo uma ruptura lúdica do cotidiano. Essa é a proposta “Das Saborosas Aventuras de Dom Quixote de La Mancha e seu Escudeiro Sancho Pança – um capítulo que poderia ter sido”, peça que faz parte do circuito de apresentações do projeto Palco Giratório, uma das ações de difusão das artes cênicas mais importantes no cenário cultural do país que é promovida pelo Serviço Social do Comércio (SESC-SC).
Encenadas nas ruas, as aventuras de um dom Quixote urbano e seu fiel escudeiro Sancho Pança propõem ao cidadão a possibilidade do jogo, em que a linearidade do cotidiano pode ser rompida a partir de uma reflexão sobre a realidade de nossas cidades, que impõe rupturas quixotescas.

O grupo O Teatro que Roda, de Goiás, adaptou as inquietações presentes no texto setecentista de Miguel de Cervantes aos tempos atuais, com o objetivo de criar uma poesia urbana sobre o sonho e a loucura. O cavalo Rocinante é a peça-chave na construção do universo quixotesco, e a ocupação de vãos da cidade com a utilização de objetos cenográficos tem a função de interferir nesse espaço. Com isso, o espetáculo busca novos significados, lançando mão de instalações, prédios e monumentos para dialogar de forma direta com os transeuntes.

A quem passa pelas ruas, as aventuras geram vários níveis de interface, desde um contato muito próximo, quase cara-a-cara, até momentos-relâmpago a alguém que passa dentro de um ônibus. A idéia é construir imagens sugestivas que permitam que os transeuntes possam lembrar e comentar aquilo que cruzou seu cotidiano.

O Grupo

O Teatro que Roda existe desde 2003 e se dedica à pesquisa e experimentação de linguagens cênicas que possibilitem ações sociais e culturais produtivas. O grupo prioriza o teatro de rua pela maior possibilidade de acesso ao público. Vem mostrando seu trabalho em vários festivais nacionais de teatro e em 2007 recebido 4 prêmios no Festival de Florianópolis, Santa Catarina (Melhor espetáculo de rua, direção, ator e atriz) e Menção Honrosa no Festival de Blumenau-SC, com o espetáculo “Das Saborosas…

SERVIÇO:
Espetáculo “Das Saborosas Aventuras de Dom Quixote de La Mancha e seu Escudeiro Sancho Pança – um capítulo que poderia ter sido”
Sinopse: Um executivo, cansado de sua rotina, resolve mergulhar num mundo imaginário em busca de aventuras e emoções. Ele passa a acreditar ser Dom Quixote de La Mancha e sai pela cidade buscando sua platônica amada Dulcinéia, que se apresenta como alucinação, vestida de noiva, durante o decorrer da história. Na sua loucura, convence um catador de papel de rua a ser seu fiel escudeiro Sancho Pança, que por sua vez, constrói com sucatas no seu carrinho o cavalo Rocinante. Juntos saem pelas ruas em busca de aventuras e cada passante, monumento e aparelhagem da cidade grande se “transforma” em feiticeiros, dragões e gigantes através dos olhos de Quixote.

Ficha técnica
Atores: Liz Eliodoraz, Dionísio Bombinha, Hugo Mor, Patrick Éster, Fernando Moterane, Ieda Marçal, Carlos Roberto
Direção: André Carreira
Figurinos e Objetos: Júlio Vann e Ilza Bicalho
Produção: Dionísio Bombinha, Liz Eliodoraz e Fernando Moterane
Preparadora Vocal: Mônica Montenegro
Preparador Corporal: Patrick Éster
Técnicos: Carlos Roberto e Tiago Gomes
Adaptação do Texto: André Carreira, Dionísio Bombinha, Hélio Fróes e Liz Eliodoraz.

Programação:

21/06, SÁBADO – Jaraguá do Sul:
HORÁRIO: A partir das 12 horas (duração do espetáculo 50 minutos)
LOCAL: Início no pátio e torre da Igreja Evangélica Luterana Apóstolo Paulo, seguindo cortejo pelo Calçadão da Marechal, até a Praça Ângelo Piazera, onde termina.
INFORMAÇÕES: SESC Jaraguá do Sul/SC (47) 3371-9177 ou 3371-8930

Anúncios

Sobre Tiago Carpes do Nascimento

Brasileiro, casado, vinte e poucos anos, escritor por obrigação e prazer, professor, curioso, eclético em matéria de música, adora livros e filmes inteligentes (instigantes), cristão, conservador, gosta de política, já sonhou ser presidente do Brasil, presidiu comitê municipal de sigla política, mas a desilusão foi tanta que hoje se contenta apenas em contribuir para a melhoria da educação e para o crescimento vegetativo da população, tendo dado o seu contributo em duas ocasiões.
Esse post foi publicado em VARIEDADES e marcado , , . Guardar link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s