Arquivo do mês: maio 2008

Deus não foi a missa.


. . Deus é gaúcho, já dizia a música do Teixeirinha. O que eu sempre quis saber e nunca soube era se seria colorado ou tricolor. No fundo eu desconfiava que fosse colorado, não um colorado modinha, pós-2006. E sim … Continuar lendo

Publicado em PROSA | Marcado com , , , , , , , , | 3 Comentários

Domingo


Domingo pela manhã. Acordo de repente. Nos olhos um fiapo de sono, os restos de um sonho que não se resolveu. Nos ouvidos barulhos matinais normais. Ao longe um rádio, uma música, uma motocicleta passando no rua e aqui perto … Continuar lendo

Publicado em VERSOS | 1 Comentário

DEMITIDO


Eu fui demitido nessa terça-feira. Nessa terça-feira eu fui demitido. Eu fui, nessa terça-feira demitido. Demitido eu fui nessa terça-feira. Nessa terça-feira, demitido eu fui. Demitido nessa terça-feira eu fui. A felicidade entope meus poros. Eu já nem conseguia sorrir … Continuar lendo

Publicado em PROSA | 2 Comentários

Rafaela (O antes)


Canção que fiz pra minha namorada, o tempo em que ela ainda não me queria por perto. Não sei se houve tempo assim, acho que ela só queria se fazer de difícil… rsrs.  

Publicado em MÚSICAS | Deixe um comentário

PARA QUE SERVEM OS CUNHADOS?


Sábado de manhã. Frio, chuva provavelmente. E eu eufórico com um novo curso, uma espécie de laboratório de escrita. Um professor bacana, uma galera legal e um tema instigante. Nada poderia me deprimir, certo? Errado. Ledo engano. Redondamente enganado, etc. … Continuar lendo

Publicado em PROSA | Deixe um comentário